Edição:ANO XIII - Nº 5.074 Belém, Quinta, 27/11/2014   
Busca
ok
GERAIS
Noticias
ESPORTE
Notícias
POLÍCIA
Notícias
SHOW
Noticias
COLUNAS
Abner Luiz
Adenirson Lage
Braz Chucre
Christian Emanoel
Gran Monde
Guilherme Tadeu
Hamilton Gualberto
Pé na Estrada
Polícia & Justiça
Xaxu
Sergio Noronha
PLURAL
Gastronomia
Notícias
Pílulas
CONTATO
Fale Conosco
SERVIÇOS
Assinaturas
Cidades
Morre Bosco Moisés aos 74 anos

Edição de 23/07/2013
Tamanho do Texto

Ex-prefeito sofreu um ataque cardíaco fulminante.

Faleceu na tarde de ontem, aos 74 anos, João Bosco Rufino Moisés, ex-prefeito de São João de Pirabas. Ele sofreu um ataque cardíaco fulminante, de acordo com informações de seu sobrinho, Antônio José Matos. O corpo do ex-prefeito foi velado durante a noite em sua casa, no município, e em seguida foi trazido para Belém, onde será sepultado, às 15 horas de hoje, no cemitério Recanto da Saudade. Antes do enterro, o velório será na sede da escola de samba Rancho não posso me amofiná.

Bosco Moisés foi um incentivador do carnaval de Belém. Também foi deputado estadual e exerceu por duas vezes o mandato de prefeito de São João de Pirabas, onde residia. 'Foi uma pessoa que por 30 anos atuou pelo carnaval e depois foi prefeito e mudou a realidade do município, transformando a economia de Pirabas', lembra Matos. Ele disse ainda que o tio não apresentava sinais de doença.

Segundo o presidente da escola de samba, João Vidal, durante a noite de ontem o local foi preparado para receber o corpo de Bosco, e homenagens foram organizadas. 'Todos fomos pegos de surpresa; com certeza muita gente é esperada. Foi uma perda muito grande'.

Vidal destaca que Bosco atuou como administrador da escola por dez anos, entre os anos de 1976 e 1986. Durante esse período a escola conquistou seis títulos e construiu sua sede. 'Ele deixou um legado para o carnaval de Belém, que na década de 80 chegou a ser considerado o segundo melhor do Brasil. Na época, com o seu incentivo e trabalho, as escolas eram muito competitivas', lembra.

O presidente também destacou o compromisso de Bosco Moisés com a comunidade. 'Foi ele o responsável em trazer para Belém ícones do carnaval brasileiro como Dominguinhos do Estácio, Maria Helena da Imperatriz, Pinah e Nega Pelé', recorda.

 

Email: redacao@jornalamazonia.com.br
© Copyright 2004. Todos os direitos reservados ao Amazônia Jornal on line
uma empresa das Organizações Romulo Maiorana