Brinquedos chegam a Belém


Parque do arraial de nazaré começa a ser montado pelo Ita center, que deve reajustar o preço do ingresso


Vinte e três dos mais modernos brinquedos eletrônicos do Brasil vão compor o Arraial de Nazaré no Círio 2008. As primeiras três carretas que transportam as peças de São Paulo chegaram ontem a Belém. O parque deve começar a funcionar no início de outubro e os preços dos ingressos ainda não foram definidos pela direção do Ita Center Park, o que sinaliza para aumento de preço. Ano passado, os brinquedos começaram a ser montados com os valores dos ingressos já definidos.

O Ita Center, empresa do ramo com sede em Minas Gerais, atende a um programa de arraiais em todas as partes do Brasil. O de Nazaré, em Belém, é o maior da região, com número de brinquedos sempre variando entre 20 a 23 peças. Os preços cobrados variaram, em 2007, de R$ 3 a R$ 4. O menor preço era cobrado nos brinquedos destinados ao público infantil. Estes representam cerca de 30% das peças. Pelo menos quatro brinquedos infantis ficam montados no local durante todo o ano. R$ 3 é o preço cobrado por criança.

De acordo com a gerência do Ita Center Park em Belém, os brinquedos ontem mesmo começaram a ser montados. O mais complexo, a tradicional montanha-russa, já está com a base praticamente pronta. Para o Arraial 2008, três brinquedos considerados de ponta estão a caminho de Belém: 'Sursi', 'Evolution' e o 'Basca'. O trio não chega a ser novidade, já que esteve aqui em outras temporadas. Eles apenas retornam atendendo a pedidos dos usuários. O 'Evolution', por exemplo, foi montado no arraial de 2005 apenas.

Sobre o preço a ser cobrado, a gerência do Ita Center Park avisa que nada está definido, o que significa dizer que pode ou não haver aumento de preço. Os de 2006 foram mantidos em 2007, mas dificilmente serão repetidos este ano, possibilidade malvista pelo consumidor de menor poder aquisitivo.

Os brinquedos estão vindo diretamente de São Paulo, mais precisamente da cidade de Tranindé, onde foi realizada uma exposição agropecuária. Cerca de 15 carretas já estão na estrada. A montagem completa é feita em 15 dias e começa a funcionar depois da vistoria técnica feita pelo Corpo de Bombeiros. Até o dia 1º de outubro o parque já deve estar liberado para o funcionamento.

Credenciamento à imprensa até dia 19

Já estão abertas as inscrições para a credencial de Imprensa do Círio 2008. Cerca de 1,2 mil passes-livres vão ser impressos pela diretoria da Festa de Nazaré aos jornalistas nacionais e estrangeiros que se farão presentes na cobertura do evento. O credenciamento da imprensa estrangeira é coordenado pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur). O prazo para apresentar o pedido e a lista dos jornalistas e outros profissionais da imprensa que vão trabalhar na cobertura do Círio 2008 termina dia 19 deste mês.

Simone Azevedo, secretária executiva da Diretoria da Festa e responsável pela emissão do crachá de imprensa, avisa que quem perde o prazo fica na lista de espera, podendo ou não ser atendido. O maior problema, lembra a secretária, são os pedidos que chegam na última hora. O número de credenciais emitidas em 2007 deve ser o mesmo neste ano. A credencial é personalizada. Ano ano passado, cerca de 120 credenciais foram expedidas para a imprensa estrangeira. O credenciamento, de acordo com as críticas da imprensa paraense, precisa ser revisto. Erros que causam transtornos se repetem todos os anos, sobretudo na procissão do Círio e na cobertura dos eventos na Praça Santuário.

Manto sensorial em exposição

Ícones mais representativos do Círio de Nazaré vão ser expostos num shopping center da cidade, a partir do dia 6 de outubro. A 'Senhora de Nazaré, todos os dias conquistando os nossos corações' vai apresentar como novidade um manto sensorial, onde os deficientes vão poder, pelo toque, olfato e até pelo paladar, identificar e descrever a peça. De acordo com a curadora do evento, Darcilene Costa, o manto sensorial foi a sensação da exposição feita em São Paulo, na primeira semana de setembro, no Centro Cultural Fiesp, sob o tema 'Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Belém do Pará: Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira'.

A inovação recebeu até prêmio da Associação Brasileira de Deficientes Visuais. Um dos seus representantes esteve no local e, mesmo cego, conseguiu descrever o manto que tocou, lendo, inclusive, em braile, a frase 'vós sois o liro mimoso/ do mais suave perfume'. A exposição em Belém, que terá quase que o mesmo perfil da exposição feita em São Paulo, será montada na praça central do shopping center. Entre os itens, a corda dos promesseiros, uma réplica da berlinda, seis mantos, fotos da procissão, peças de miriti e outros objetos alusivos à Festa, além de duas poesias, em forma de plotagem, do poeta João de Jesus Paes Loureiro.

Liberação de transversais do trajeto foi discutida em reunião

A Diretoria da Festa de Nazaré se reuniu ontem, no auditório Dom Vicente Zico (Centro Social de Nazaré), com os órgãos de segurança que trabalharão durante o Círio 2008 para discutir sobre alguns pontos essenciais para garantir o melhor fluxo das procissões da maior festa religiosa do Brasil. Um dos temas discutidos foi a desobstrução das ruas transversais, que ficam ao longo do percurso, especialmente as que atravessam as avenidas Presidente Vargas e Nazaré. Os órgãos de segurança estarão trabalhando para que dar o livre acesso dos fiéis durante todo o percurso do Círio.

Participaram da reunião representantes da Companhia de Transportes do Município de Belém (Ctbel), da Guarda Municipal, do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), da Cruz Vermelha, do Corpo de Bombeiros, das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, da Federação Paraense de Motociclismo, da LOC Engenharia e das Polícias Civil e Militar.

A intenção é que neste ano, as transversais sejam totalmente desobstruídas, evitando o estacionamento de veículos no meio dessas ruas. 'Contamos com o apoio dos órgãos de segurança, para tomarem as medidas necessárias evitando que essas ruas, que são alternativas de ‘fuga’ para os promesseiros e fiéis em geral que acompanham a procissão, sejam obstruídas por veículos', explicou Kléber Vieira, diretor de Procissões da Festa de Nazaré.

Segundo ele, no ano passado, quando a imagem da Santa chegou à avenida Nazaré, o trajeto ficou mais lento porque as ruas transverssais estavam tomadas de carros e as pessoas que acompanhavam a procissão tiveram dificuldades em seguir o trajeto. 'A idéia é fazer com que o acesso de carros e caminhões a essas ruas seja proibido desde a Trasladação, contando com o apoio da Ctbel para que redirecione o trânsito dessas transversais, que deverão ficar interditadas desde sábado até o final da procissão do Círio. Segundo Kléber, será preciso unir forças para manter as transverssais desobstruídas e garantir que o trabalho de resgate feito pelas ambulâncias e pelos voluntários da Cruz Vermelha ocorra sem problemas.

.

Portal ORM
© 2004 Organizações Romulo Maiorana. Todos os direitos reservados.